Home Travel48 horas 48 HORAS EM… ESTUGARDA

48 HORAS EM… ESTUGARDA

por Food and Travel Portugal
48 HORAS EM… ESTUGARDA

A capital da região alemã de Bade-Vurtemberga oferece aos seus visitantes uma mistura entusiasmante de história e modernismo, com muitos restaurantes acolhedores por toda a parte. Julie Alpine fez-se à estrada e conta-nos agora tudo o que viu.


Porquê ir?

Situada no rio Neckar, entre a Floresta Negra, a oeste, e os Alpes Suábios, a sul, Estugarda estabeleceu-se rapidamente como uma região vinícola importante e tornou-se, em 1482, a capital do estado de Vurtemberga. Atualmente, estão aqui baseadas várias empresas multinacionais, como a Porsche e a Daimler AG. A cidade é também um ponto de encontro para a indústria tecnológica de robótica. Esta altura é agradável para começar a planear a sua viagem de forma a coincidir com o verão – quando a neve já deu lugar às folhas e flores coloridas, nos jardins e espaços verdes da cidade.


O que fazer?

O centro de Estugarda foi praticamente todo destruído durante a Segunda Guerra Mundial e a cidade reconstruída exibe uma mistura intrigante entre arquitetura moderna e tradicional.

Schlossplatz, a praça onde se encontra o deslumbrante Neues Schloss (novo castelo), é um ótimo ponto de partida para uma visita a pé. O impressionante Altes Schloss (antigo castelo), do século X, que sofreu um incêndio em 1931, assim como vários bombardeamentos, foi restaurado em 1969 à semelhança da sua glória inicial.

Os entusiastas da cultura sentirão ainda necessidade de vaguear pelo Kunstmuseum – uma galeria de arte em forma de cubo, com 5000m2 de área total – e pela Staatsgalerie desenhada pelo arquiteto britânico James Stirling, onde estão expostas obras do século XIV-XX criadas por artistas europeus, como Dalí e Rembrandt.

Interior do Landesmuseum Württemberg (Museu de História)

O Mercedes-Benz Museum é imperdível para aqueles que adoram motores. Situado num edifício de metal com uma dupla hélice, inspirou-se no automóvel criado por Carl Benz em 1886. Uma exposição permanente é constituída por 160 veículos, desde alguns dos primeiros carros de quatro rodas até aos lendários carros de corrida e modelos futuristas.


Onde ficar?

Mesmo no coração da cidade, o luxuoso Hotel Am Schlossgarten dispõe de 106 quartos bem decorados com tons quentes e naturais, muitos deles com vistas panorâmicas sobre a baixa.

Perto da principal estação de comboios, os 168 quartos do Arcotel Camino têm todos um excelente isolamento sonoro, desenhados para nos protegerem do som dos motores dos Porsches que passam pela rua.

Nos arredores da cidade, o Waldhotel Stuttgart possui 96 quartos elegantes e tranquilos.


Onde comer e beber?

Para ter uma imagem daquelas que são as iguarias mais famosas da cidade, passeie pelo Markthalle, um mercado construído em 1914 e onde 43 bancas coloridas e brilhantes exibem todos os tipos de produtos e de pratos, desde salada de batata suábia até ao spätzle (massa com queijo e cebola frita).

Já ficou com fome? Dirija-se até ao Carl’s Brauhaus para provar pratos locais, como os medalhões de peru com molho de cogumelos, brócolos e croquetes de batata, e beber cervejas artesanais.

Se tiver de parar para uma refeição mais rápida, experimente o Tarte & Törtchen – conhecido pelos seus doces e bolos ‘demasiado bonitos para serem comidos’ e pelo café fenomenal.

Os que preferem algo mais informal costumam ir até ao Martha’s que serve comida regional sustentável, como as currywurst, e ao Triple B – Beef Burger Brothers cujos hambúrgueres são, sem dúvida, os melhores da cidade.

A viagem de táxi até aos subúrbios de Möhringen vai valer a pena, uma vez que o Gasthaus Zur Linde prepara pratos tradicionais servidos de forma única e criativa!


A ficar sem tempo?

Apanhe o elevador do Fernsehturm, ou ‘TV tower’, com 217 metros de altura, para desfrutar da vista panorâmica sobre a cidade e as florestas que a rodeiam através da plataforma exterior.


Dica de viagem

Se quiser comprar uma lembrança para a família ou os amigos, surpreenda-os com relógios clássicos, barris de cerveja antigos, calças de pele vintage, e muitas outras bugigangas que se podem comprar no mercado da Karlsplatz, todos os sábados, das 8h às 16h.

Para mais artigos sobre gastronomia e viagens, faça já a assinatura da Food and Travel Portugal ou adquira a revista num quiosque perto de si!

Veja outros artigos

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Assumimos que concorda com isto, no entanto pode optar por discordar. Aceitar Leia Mais