Home Travel48 horas NICÓSIA, CHIPRE

NICÓSIA, CHIPRE

by Food and Travel Portugal
NICÓSIA, CHIPRE

A cativante capital do Chipre está dividida entre o sul grego e o norte turco, por isso podemos experimentar duas culturas e duas cozinhas distintas numa só cidade, como nos conta Tom Calvocoressi.

 

Porquê ir?

Dividida ao meio desde 1974, a capital do Chipre é uma cidade fascinante e sedutora, que já testemunhou várias invasões e ocupações – as cruzadas, os venezianos, os otomanos e os britânicos. O sul greco-cipriota é mais desenvolvido e possui museus deslumbrantes, igrejas douradas e restaurantes elegantes, enquanto o norte, ocupado pelos turcos, é rico em arquitetura otomana. Hoje em dia é fácil e seguro atravessar a ‘Linha Verde’ e experimentar as duas culturas durante uma visita à cidade. Nicósia é um centro financeiro de grande calibre para o Médio Oriente, ou seja, está muito menos dependente do turismo do que o resto do Chipre.

 

O que fazer?

 

Frappés na praça da Escola Fanoremi

A Cidade Velha, construída pelos conquistadores venezianos no século XVI, é a atração principal. Comece o dia com um café grego bem forte e passe algum tempo a explorar as muralhas da cidadela, cujo contorno constitui o logótipo distinto de Nicósia. A Cidade Velha em si é uma rede de becos e ruelas que nos orientam através de casas coloniais em ruínas e igrejas ortodoxas. Vagueie pela rota da ‘Linha Verde’ para mergulhar nos bairros mais bonitos e antigos ou para se juntar à visita guiada, regular e grátis. A Mansão Kornesios Hadjigeorgakis (00 357 22 305316) é a casa de um mercador, perfeitamente restaurada e com um pátio tranquilo. Não perca o Museu do Chipre (00 357 22 865854) que aloja uma coleção incrível de descobertas arqueológicas. Não deixe de atravessar a fronteira com o norte turco, passando pelo posto de Ledra Street e pela zona neutra: é uma viagem no tempo para uma era mais calma, cheia de estradas e casas otomanas intocadas. Deixe-se perder na Mesquita Selimiye, outrora uma catedral gótica do século XIII, desfrute das esplanadas e dos workshops de artesanato no caravanserai medieval Büyük Han e usufrua dos aromas e vapores do Büyük Hamam (banho turco).

 

Onde ficar?

Vista da guesthouse Sandstone;

O Hilton Cypruso hotel de referência na ilha, possui quartos luxuosos, piscinas e restaurantes elegantes como seria de esperar. O Classic Hotel, dentro das muralhas da Cidade Velha, tem quartos frescos e modernos e casas-de-banho de mármore. Para uma opção mais  tradicional, o Sandstone oferece quartos cuidadosamente decorados numa casa da Cidade Velha, com varandas pitorescas, portadas verdes e azulejos bonitos. A maioria dos visitantes fica alojada no sul e faz passeios até ao norte. No entanto, para uma boa dose de glamour turco, sugerimos o hotel de cinco estrelas Golden Tulip. É uma espécie de mini-Vegas, com casino, uma piscina opulenta, um spa e um ginásio.

 

 

Onde comer e beber?

Os cipriotas são apaixonados por comida e não é difícil perceber porquê. A cozinha não é uma simples mistura da grega com a turca, também há influências do Médio Oriente nos seus estufados sumptuosos, vegetais recheados, grãos e leguminosas. Meze é a palavra-chave, por isso vá até à Zanettos Taverna para saborear alguns dos melhores pratos da cidade: as especialidades incluem salsicha cipriota fumada, carne de porco marinada em vinho e coentros, caracóis e halloumi grelhado em pão pita. De seguida, desfrute de um mahalepi libanês acompanhado por um Commandaria, o vinho digestivo tradicional. Para uma refeição mediterrânica vá até ao Pyxida, um restaurante de peixe fabuloso, que oferece o pescado mais fresco num ambiente elegante e moderno – experimente o carpaccio de atum, o robalo ou polvo grelhado. O No Reservations obteve críticas extraordinárias graças à sua interpretação inovadora dos ingredientes locais – pratos como flores de courgette recheadas com bagna cauda ou perna de borrego com natas e alho são alguns exemplos. De certeza que também deve provar a comida de rua: o Sham Food (00 357 22 333381) faz um shawarma fenomenal, enquanto que no norte, a padaria Bereket, perto do Büyük Han, exibe a mais tentadora pizza turca, feita num forno de pedra e a transbordar com halloumi e borrego aromatizado.

 

A ficar sem tempo?

A cultura das esplanadas é fundamental no quotidiano de Nicósia, por isso dirija-se até à Avenida Makarios, ao início da tarde, para beber um frappé e observar os transeuntes

 

Dica de viagem

O Handicrafts Centre (00 357 22 305024) está carregado de tecidos tradicionais, bordados, cerâmicas e artesanato e tem como objetivo a preservação das antigas técnicas de manufaturação, através dos seus artesãos residentes.

 


Informação de viagem

A moeda utilizada é o euro (e a lira turca no norte) e o fuso horário é de duas horas a mais que Portugal. O voo a partir de Lisboa dura cerca de 5 a 6 horas com escalas.

Como chegar

A Lufthansa tem voos de Lisboa para Larnaca (a 40 km de Nicósia), via Munique, três vezes por semana.

A British Airways faz a ligação Lisboa-Londres-Larnaca diariamente.

Fontes de Informação

Visit Cyprus é o guia do departamento local de turismo, com informações e sugestões para passar o tempo e visitar a ilha.

Leitura Adicional

Journey into Cyprus, por Colin Thubron é a descrição na primeira pessoa de um percurso de mil quilómetros a pé em torno da ilha durante o último ano antes da separação de 1974.

 


Temperatura Média e Pluviosidade:

 

                   Jan          Fev          Mar          Abr          Mai          Jun          Jul          Ago          Set          Out          Nov          Dez

Mín ºC        5              5             6            10          15            18            20           20            18            14            10             7

Máx ºC       14           15           18            23            28          32           36           36          32           27             22            16

mm             2              2            1              1              1            0             0             0             0             1             1              2

 

Para mais artigos sobre viagens compre já a revista Food and Travel Portugal. Num quiosque perto de si.

Veja outros artigos