Início Food COMIDA SOBRE RODAS

COMIDA SOBRE RODAS

by Food and Travel Portugal
COMIDA SOBRE RODAS

Carrinhas, atrelados e todo o tipo de transportes com comida de qualidade andam em constante tournée pelo nosso país e mais agora que chegam os dias de sol. De cachorros gourmet ao clássico pastel de nata, passando por pãezinhos e sumos, fomos à procura da melhor comida de rua que se faz em Portugal.

 

PIN UP VAN – VINTAGE FLAVOURED STREET FOOD

O nome é comprido, mas o conceito é simples: hot dogs gourmet vintage. O Mário, proprietário deste food truck, é um apaixonado pelas motos e carros clássicos, pelo rockabilly, enfim, por tudo que tenha a ver com os anos 50. Homem dos sete ofícios, já era o secretário da Associação de Street Food Portugal, comercializava peças de motas usadas e era empresário da restauração, tudo isso antes de criar o Pin Up Van-Vintage Flavoured Street Food, apostando no que de melhor e mais simples se pode fazer com uma salsicha de grande qualidade: um cachorro-quente! O negócio tem dois anos, mas a sua criação preferida do público mantém-se: o Hot Dog Mediterrânico, com cebola e rúcula. Mais simples não há.

Mas não só de Hot Dogs gourmet vive a Pin Up Van. Fazem catering para eventos, com sabores cheios de personalidade e, é claro, uma imagem muito vintage.

ONDE:  Faz eventos, festivais de verão e todos os anos está no Estádio Nacional na final de Râguebi e na BTL, em Lisboa.

 


100% HAPPY – A LARANJA ALGARVIA

A Mara tirou o curso de psicologia mas, em 2017, deu o salto para dentro de um quiosque de sumo de laranja. A relação com o fruto vem de longe. Ela própria poderia “até ter nascido numa caixa de laranjas”, conta-nos. Em Portimão, onde nasceu há 36 anos, a família conduzia o negócio de laranjas do Algarve. Assim, partir para o comércio de derivados dos citrinos, foi um passo natural. Na Happy só entra laranja algarvia, diretamente do produtor. O básico e quase insubstituível sumo de laranja natural ganha os aromas da canela, do anis ou do gengibre e, numa versão mais ousada, combina-se com chocolate.

Nos dias mesmo muito quentes, não deixe de provar a água com sabor a laranja e canela e nos dias menos quentes, o chá de laranja, canela e gengibre. Se estiver com crianças, peça um granizado de laranja para elas e fique com a margarita de laranja para si. Mas se gostar de surpresas, peça o Sumo do amor. E, para acompanhar, há folhado de laranja de Loulé e pastel nata de limão.

ONDE: Todos os sábados no Mercado de Loulé; durante todo o ano nos festivais como o Festival Med em Loulé, o Festival Jazz Lagoa, nas Festas de Alcoutim e no Mercado Fora d´Horas em Silves.

 


STREET COFFEE BY A BRASILEIRA

A ideia surgiu numa conversa à mesa do café como uma brincadeira, com um amigo de infância, em 2015. O João é um dos proprietários dos cafés ‘A Brasileira’ mas nunca tinha pensado em fazer de uma das marcas mais tradicionais do nosso país, um negócio de venda de comida de rua. “Eu pensei: se der negócio, dá, se não der, vai servir para promover o nosso café”, conta. Os restantes sócios deram autorização para a utilização da imagem, com mais de 100 anos, e depois foi só criar A Brasileira sobre rodas.

O projeto foi detalhado ao pormenor por Luis Rato, da Foods Truck Factory, incluindo pintura dos tetos e pormenores em madeira. O resultado está à vista e é surpreendente: uma A Brasileira em miniatura mas que se move de um lado para o outro. O projeto incluiu uma réplica tridimensional da estátua de Fernando Pessoa, idêntica à que está em frente à A Brasileira do Chiado, para rematar o ambiente. Aqui, no Street Coffee by Brasileira o café também é rei e João faz aquilo que sempre fez: apostar num café de grande qualidade que adquire à Brasileira (que também faz torrefação). Não podiam faltar os crocantes e delicados pastéis de nata que, somados ao café, fazem uma espécie de Romeu e Julieta, mas com final feliz.

ONDE: Miradouro da Senhora do Monte, Graça, em Lisboa

 


CROISSANTERIE 1920

O croissant é o pãozinho de massa folhada mais famoso do mundo, inventado por volta de 1683, em Viena, e levado para a França por Maria Antonieta. A Vera (pasteleira) e o Carlos (ex-gestor na banca) decidiram que em Portugal os croissants deveriam ter outros sabores. Vai daí, adaptaram a receita da massa amanteigada que derrete na boca aos recheios com sabor lusitano que vendem agora na reluzente Croissanterie 1920.

Assim apareceu um recheio de ovos-moles com amêndoas, outro de alheira com espinafres e outro de ventresca de atum com tomate seco, só para dar alguns exemplos. Mas os tradicionais não ficam a perder: o clássico croissant açucarado ou o de chocolate com morangos – ambos acompanhados de um popular galão – são também estrelas desta companhia.

ONDE: Até 10/7 no StreetFood Miraflores, durante e após essa data estarão em Santarém, Peniche, Vilar Formoso e Grândola.

 


PIADINAS ZANOTTA

A Joana era professora primária, a Susana era produtora de publicidade. Um belo dia decidiram criar um food truck para vender piadinas, um pão típico italiano da região de Emília Romagna, na Bolonha, elaborado a partir de uma massa simples e fina que pode ser servido como refeição, doce ou salgada.

Apareceram então as Piadinas Zanotta, muito frescas, sem conservantes ou aditivos, uma solução deliciosa e saudável para comer antes (ou depois) da praia. Nas opções salgadas, o destaque vai para as de queijo cabra com espinafres mel e nozes e a de presunto. Nas doces, a de manteiga de amendoim é rainha. Para acompanhar todas, uma bela limonada caseira.

ONDE: Eventos ao longo do ano pelo país e nos meses de julho e agosto na Vila da Comporta

 


SALXIBOX

A receita das salsichas é familiar. A Salxibox vem do Alentejo e usa peças inteiras de carnes nacionais, ervas aromáticas e especiarias. E só! O resultado é uma salsicha com baixo teor de gordura e muito sabor. Uma aposta em carnes selecionadas de porco preto e carne de vaca de origem nacional e 4 produtos: A Tradicional, a Portuguesa, a Alentejana e a de Queijo. A sair, estão quase a de carnes brancas e a de vegetais. O pão é uma receita própria, mas é na mostarda que está o twist. Susana, responsável pelo projeto, diz que é segredo: “Mas podemos dizer que a matriz de sabor está na Dijon, com nuances mais suaves e subtis, o que a torna única”.

ONDE: Festivais de verão pelo país, Centro Comercial Continente Portimão, Retail Park Albufeira, Algarve Outlet, GranPlazza Tavira e Mercado de Faro.

 


GELADOS PASCOALINI

Cremoso, com uma textura sedosa e um sabor que não é doce demais nem ácido: é o gelado de morango de Almeirim criado pela Pascoalini. Já são mais de 100 variedades produzidas com produtos portugueses mas este de morango… é pura fruta. O Rui achou que estava na hora de largar a indústria farmacêutica e de se dedicar aos gelados em Santarém.

Expandiu a marca para uma loja em Lisboa e a seguir trouxe o seu conceito para a venda na rua. Inventou os gelados com doces regionais do Ribatejo, como os pampilhos (famosos bolos escalabitanos) e as celestes (doces conventuais à base de ovos e amêndoa).

ONDE: Sempre no Miradouro da Graça; de 16 a 20 de maio no festival Clube Criativos de Portugal; de 2 a 10 de junho na Feira Nacional da Agricultura em Santarém e de 16 a 24 de junho em Almeirim.

 


BEER FEST TRUCK

Desde 2016, as cervejas artesanais portuguesas fazem a festa nesta furgoneta Citroen HY, com 12 torneiras de degustação (multi-marca e multi-estilo) que surge nos eventos com serviço ao balcão ou no moderno selfservice. A seleção das cervejas é feita de acordo com o perfil do evento. Pelos copos, passam, entre várias outras, a Marafada, a Toira, a Ale n’Tejo, a Sovina, a Musa ou a Sin Pecado.

Podemos sempre encontrar cervejas nacionais mais leves, mais frutadas, como as pilsners ou as blonde ale ou mais encorpadas, caso das stouts ou dark belgian ales. A marca por detrás do truck é a Hops Beer & Co., fundada por José Zacarias, apreciador de cerveja, que gosta de mostrar aos outros o que há de novo e aproveita para impulsionar os mestres cervejeiros portugueses a continuarem a criar. À nossa!

ONDE: 1ª sexta-feira e sábado de cada mês, no Príncipe Real em Lisboa; 4ª sexta-feira e sábado de cada mês, no Cais do Sodré em Lisboa; Lx Factory de 18 a 20 de maio e no Street Food Rio Maior de 31 de maio a 3 de junho.

 

Para mais artigos sobre o mundo da comida, adquira já a revista Food and Travel Portugal num quiosque perto de si!

 

Veja outros artigos