Home Novidades LA GOMERA, ESPANHA

LA GOMERA, ESPANHA

by Food and Travel Portugal
LA GOMERA, ESPANHA

A mais pequena e menos conhecida ilha das Canárias, La Gomera, ergue-se do Atlântico como uma montanha primaveral ao lado de Tenerife. Apesar da sua extensão de 20km de norte a sul, tem o seu ponto mais alto a 1.500 metros de altitude e vários microclimas devido à sua paisagem extraordinária. O norte vertiginoso é afetado pelo vento alísio e humedecido pelo nevoeiro que cobre o Parque Nacional Garajonay. Devido às brisas africanas quentes, o sul é mais quente. As montanhas vulcânicas, cobertas de vegetação, mergulham nas praias de areia dourada e escura, enquanto as cabanas brancas se aglomeram nos desfiladeiros como neve.

O idioma local, Silbo Gomera, é um resultado desta paisagem épica. Os habitantes da ilha substituem certas sílabas por assobios, que podem ser ouvidos num raio de 3km. Ainda são ensinados na escola e pode ouvi-los a ecoar ao longo dos vales e desfiladeiros no interior selvagem da ilha. O Hotel Jardin Tecina apresenta demonstrações locais.

A pista do aeroporto é demasiado pequena para aviões internacionais, o que limita o turismo em massa e, consequentemente, cria uma atmosfera adormecida e nostálgica. De facto, a água canalizada e a eletricidade chegaram aqui só em 1976. Visite a vila montanhosa de El Cercado para ver as casas de pedra tradicionais com telhados vermelhos, construídas em terrenos inclinados.

Esta vila é conhecida pelas suas loceras (ceramistas), que trabalham ao ar livre e utilizam técnicas antigas. Compre uma ou duas lembranças e depois vá até ao Centro Museo de Interpretación Las Loceras, na praça da vila, para saber mais sobre estas peças de artesanato.

A paisagem rígida também se faz notar no campo gastronómico. As cabras e os coelhos adequam-se bem ao terreno rochoso e vamos encontrar a sua carne em estufados rústicos ou com molho de tomate. As batatas foram trazidas da América há quase 400 anos e ainda são plantadas em paredes verticais. As mais caras são as papa negra, uma variedade pequena e doce, tipicamente cozidas em água muito salgada, até ficarem rugosas, e servidas com um molho picante chamado rojo. O miel de palma (mel de palma) é único na ilha. É produzido batendo com uma vara de bambu nos frutos da tamareira, deixando que a seiva escorra. Infelizmente, esta é uma arte em extinção mas ainda pode encontrar o mel em vários supermercados da ilha.

Um dos prazeres mais gratificantes em La Gomera é fazer caminhadas. Existem milhares de trilhos que cruzam a ilha. Comece na capital, San Sebastián de la Gomera (a última paragem de Colombo antes de chegar à América), explore o caminho desde Imada até Garajonay, que possui uma vista maravilhosa, ou descubra o imperdível Parque Nacional Garajonay, o habitat natural de mais de 450 espécies de flora.

Onde Comer

Esperanto la Gomera, serve tapas com vinho local, feito a partir de uvas raras, as Forestara, que nascem do solo vulcânico. 00 34 922 806 046
La Montaña-Casa Efigenia, Las Hayas, oferece pratos tradicionais numa guesthouse rústica com lareira. 00 34 922 804 077

Onde Ficar

Hotel Rural Casa Los Herrera, Hermigua, é uma mansão do século XIX, com uma piscina no terraço. Duplos desde 90€.
Parador de La Gomera, situado no topo da cidade de San Sebastián de La Gomera, o jardim deste hotel oferece uma vista deslumbrante. Duplos desde 210€.

Como Chegar

A TAP Portugal tem voos até Las Palmas, na Gran Canária. E a Binter Canarias voa até La Gomera, com escala em Tenerife. A totalidade dos voos dura cerca de 3,5 horas.

Para mais artigos sobre viagens compre já a revista Food and Travel Portugal, à venda num quiosque perto de si.

Veja outros artigos